Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Circo da Lama

"Se ele for para a Suiça, não lhe guardo as vacas", David Queiroz, pai de António, vencedor da Casa dos Segredos

"Se ele for para a Suiça, não lhe guardo as vacas", David Queiroz, pai de António, vencedor da Casa dos Segredos

Circo da Lama

20
Fev09

Ruy Castro

Bruno Vieira Amaral

Peço desculpa, este é o último auto-roubo, mas estou a ler a biografia de Carmen Miranda e apeteceu-me repescar isto:

 

 
No Rio de Janeiro só estive em livros e, creio, numa música do baiano Caetano (a quem a cidade de São Paulo deve a música mais bela que sobre as suas avenidas foi composta). Isto acontece porque os livros são, salvo excepções em edição de luxo, mais baratos do que as viagens, porque neles se viaja sempre em executiva e porque, segundo consta, são bêbados incorrigíveis os melhores comandantes. É verdade que um livro não bronzeia nem traz com ele bilhetes usados de metro como souvenir. Um livro é sempre fraco como prova material e bem pode o presumível homicida jurar que às dez horas do dia 24 estava no Brasil, mais precisamente na página 183 de um Rubem Fonseca. Em tribunal, o melhor que tem a fazer é dar-se como inimputável por excesso de leitura.
 
Há quem, no entanto, prefira os livros. Em tempos conheci uma personagem (o termo é exacto porque fui eu quem a inventou) que era capaz de falar durante horas sobre cidades onde nunca estivera. Por outro lado, o seu discurso sobre as poucas cidades que conhecia fisicamente era tão desapaixonado que quem o ouvia ficava com a impressão de estar perante um mentiroso sem convicção. Apesar de viver em Lisboa, muitos dos seus amigos não acreditavam que ele alguma vez lá tivesse estado. Quando falava sobre Nova Iorque, Genebra e, o mais extraordinário, Macondo, o único espanto que causava era por ninguém saber onde arranjava ele o tempo e o dinheiro para tantas viagens.
 
Eu queria escrever sobre a biografia do Rio de Janeiro, da autoria de Ruy Castro, mas, desculpem-me os leitores, é Verão nas páginas que acabei de ler e só me apetece vadiar.

2 comentários

Comentar post

Seguir

Contactos

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D