Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Circo da Lama

"Se ele for para a Suiça, não lhe guardo as vacas", David Queiroz, pai de António, vencedor da Casa dos Segredos

"Se ele for para a Suiça, não lhe guardo as vacas", David Queiroz, pai de António, vencedor da Casa dos Segredos

Circo da Lama

29
Mar09

How not to be a name dropper

Bruno Vieira Amaral

Será George Steiner um name dropper? Em caso afirmativo, quais as implicações de uma tal catástrofe para Carlos Queirós? Nelo Vingada é um treinador baixinho e de bigode? Rafa Benitez é o Ferguson de Merseyside? Alex Ferguson é o Guy Roux de Old Trafford? O Mellberg é mais bonito com ou sem barba? Seguem-se alguns conselhos úteis para que uma sumidade como Steiner não volte a ser acusado de name dropping. Se os seguir, quanto muito será acusado de name dripping.

 
Onde se lê:
“ O ironista vienense Karl Kraus observou um dia que Hitler não o fazia pensar em nada – “es fällt mir nichts ein”
No castelo do Barba Azul, tradução de Miguel Serras Pereira
 
Deve ler-se:
 
“Um certo dia, à porta de um café perto da minha casa, ouvi um transeunte afirmar que um determinado governante alemão do século XX, pintor de veados e outros bucolismos, não o fazia pensar em nada – “mira, é falta sobre o número um”
 
 
Onde se lê:
 
“Apesar disso, constitui a integração de uma obra de arte num discurso filosófico não menos notável do que a de Homero no texto platónico ou a das óperas de Mozart na obra de Kierkegaard”
Antígonas, tradução de Miguel Serras Pereira
 
Deve ler-se:
 
“Apesar disso, constitui a integração de uma obra de arte num discurso filosófico não menos notável do que outras que agora não me lembram”
 
Onde se lê:
 
“Só o exemplo pode intervir aqui: o do opus 35 de Britten («Os Sonetos Sagrados de John Donne»), do opus 27 de Prokofiev («Cinco Poemas de Akhmatova»), o «Espelho onde Habitar», seis poemas de Elisabeth Bishop postos em música por Elliott Carter, e a «Mensagem da Falecida Menina Troussova», em que Kurtag musica, no seu opus 17, uma sequência de «haikus» de Rimma Dalos (e, para mim, este último exemplo recente conta-se entre os mais esclarecedores da longa história do nosso tema).”
 
Os Logocratas, tradução de Miguel Serras Pereira
 
deve ler-se:
 
“Tenho ido para a cama mais cedo do que é habitual. Devo andar a chocar alguma.”

1 comentário

Comentar post

Seguir

Contactos

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D