Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Circo da Lama

"Se ele for para a Suiça, não lhe guardo as vacas", David Queiroz, pai de António, vencedor da Casa dos Segredos

"Se ele for para a Suiça, não lhe guardo as vacas", David Queiroz, pai de António, vencedor da Casa dos Segredos

Circo da Lama

15
Jul09

Ensaio sobre a domesticação do jogador benfiquista

Bruno Vieira Amaral

O benfiquista anseia por espectáculo mas desconfia dos artistas. Quando a grande vedeta chega à Portela, o benfiquista aplaude mas no seu íntimo sabe que aquela chegada deve-se em partes iguais à venda de pneus, a Rui Costa e a um menisco em mau estado.  O meu amigo Henrique confessa-me que não acredita em di Maria. Louva-lhe a qualidade mas acha que quando chegar o Inverno, a chuva e a lama o di Maria terá a utilidade do cabeleireiro pessoal do Pierluigi Collina. Isto é, enquanto o Benfica jogar às 3 da tarde no Estádio da Luz, debaixo de um amigável sol de Outono, o di Maria será um génio. Quando o Benfica visitar o Paços de Ferreira e a Mata Real servir para pouco mais do que a reconstituição histórica da batalha de La Lys, di Maria, como os outros artistas, estarão perdidos.

 

Ao longo dos anos, criou-se a ideia de que os jogadores do Benfica são almas sensíveis, onze Tamagninis Nenés, com horror ao contacto físico e a qualquer sugestão de movimento que tenha como único objectivo a recuperação da bola. Obviamente a antítese é o Porto, o único clube do mundo onde um jogador como o Deco é ensinado a pensar como o Petit. Imaginem o que teria sido o Petit no Porto: um quadro de Bosch com adversários ceifados e perónios desfeitos. No Benfica, pelo contrário, o Petit estava tão domesticado que chegou a marcar um golo digno de Zidane (Benfica-PSG, oitavos-de-final da Taça Uefa 2006/2007).

 

O problema, caro Henrique, não é o di Maria ser o que é. O problema é o Benfica não melhorar os jogadores que tem. Quando o Luisão chegou era agressivo e cheio de atitude. Agora, anda ali, tão inofensivo como um juvenil. O Benfica amarica os jogadores. Se o Lisandro tivesse vindo para o Benfica a estas horas também estaria no Lyon. Mas antes disso teria sido dispensado pelo Benfica ao Rosário Independiente de Bogotá, onde demonstraria a sua enorme qualidade e seria contratado pelo Lyon.

Seguir

Contactos

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D