Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Circo da Lama

"Se ele for para a Suiça, não lhe guardo as vacas", David Queiroz, pai de António, vencedor da Casa dos Segredos

"Se ele for para a Suiça, não lhe guardo as vacas", David Queiroz, pai de António, vencedor da Casa dos Segredos

Circo da Lama

20
Nov09

Jesus

Bruno Vieira Amaral

A igreja não está cheia. São nove e um quarto da noite, quarta-feira, as ruas luzidias como a carapaça de um insecto, as nossas cidades são tristes a esta hora, a luz lúgubre das tascas, os restaurantes com poucos clientes, os empregados que assomam à porta, o cheiro morno da chuva, um táxi solitário na praça. Um homem entra na igreja, esfrega as mãos, sorri, “arrefeceu mesmo, caramba”, duas raparigas à entrada servem café em copos de plástico, bolachas, a velha Dolores lê a Bíblia, cabeceia de sono ou do cansaço da velhice, os miúdos correm entre as filas de cadeiras, “parem quietos”, alguns sem-abrigo já se habituaram a vir ali, a fome pode mais do que a fé, às vezes ficam para o culto, alguns já aprenderam os hinos e acompanham os louvores com as vozes cavas do desespero, depois desaparecem na noite,

 

A testa luzidia de suor, um sorriso beatífico que se derrama sobre toda a sala, uma garagem transformada em igreja, lâmpadas fluorescentes no tecto, ao fundo uma cruz sem Cristo, que abraça cada um dos presentes, famílias inteiras, crianças de colo, viúvas, homens sombrios e acabados à procura de consolo, de início não tinha condições, um barracão escuro, mas as pessoas juntavam-se ali, o pastor era tão bom, e as coisas que dizia tocavam-nos o coração, nunca mais quero outra igreja, um adolescente de óculos toca uns acordes lentos na guitarra com autocolantes “Jesus ama-te”, o pastor, lenço premido contra a face, desce do púlpito improvisado, aproxima-se de um homem sentado na última fila, incógnito, levanta-o, olha-o com bondade, tanta bondade não pode ser humana, o homem resiste, há anos que não sente aquele calor, o homem soçobra, chora, o peito sacode-se em convulsões, abraça-se ao pastor, ajoelha-se, as lágrimas, o pastor segura-lhe a cabeça, a música sobe,

 

Joaquim perdeu o filho e a mulher num acidente, tinham uma vida tão boa, ele meteu-se na bebida, as mãos tremiam-lhe, a mãe é que lhe dizia sempre para ele ir à igreja, o pastor é tão bom, filho, tens de lá ir, e ele com raiva, amaldiçoa o teu Deus e morre, e bebia mais, e morria mais, a dor tão funda que não aguentava, tremia todo, e o pastor, tanta bondade, tanta bondade, quem encheu o coração deste homem de tanta bondade, bondade que transborda, o pastor abraça-o, não sofras mais, ampara a cabeça daquele homem que chora como uma criança, entrega a tua vida a Jesus, tanta alegria, o filho e a mulher ao lado dele, pensei que nunca mais vos via, que alegria, descansa o teu coração em Jesus, confia n’Ele, a música, uma das raparigas canta, os olhos fechados, um anjo, o pastor leva Joaquim até ao púlpito, Joaquim olha para os rostos, lágrimas, tanta felicidade, ele cambaleia, dobrado, agarrado ao pastor, tanta gratidão, tanto amor, uma oração, Vamos dar graças ao Senhor, vamos agradecer pela vida do Joaquim, o nome dele dito assim, era outra vez alguém, queria tanto aquele amor, para que ele entregue o seu sofrimento, vamos pedir-Lhe que alivie o coração deste homem do fardo que tem carregado sozinho, não, nunca mais, senta-se no chão, chora, baba, ranho, lágrimas, deita-se, chora e ri ao mesmo tempo, a mulher e o filho ali, tão perto dele.

2 comentários

Comentar post

Seguir

Contactos

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D