Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Circo da Lama

"Se ele for para a Suiça, não lhe guardo as vacas", David Queiroz, pai de António, vencedor da Casa dos Segredos

"Se ele for para a Suiça, não lhe guardo as vacas", David Queiroz, pai de António, vencedor da Casa dos Segredos

Circo da Lama

19
Abr10

Marco Públio Nereu

Bruno Vieira Amaral

Não se sabe em que ano nasceu, mas é conhecida a data da sua morte (60 a.c) e a idade (47 anos, mas com a tensão a 21/2) que tinha na altura. Marco Públio Nereu era filho de um alfaiate, Túlio Pompeu, e de uma empregada doméstica, Cesaltina Gomes. Iniciou os seus estudos com o tutor Terêncio Cipião, que lhe ensinou álgebra, astronomia e literatura francesa do século XIX. Públio Nereu cedo se destacou pelos seus dotes políticos. Durante vários meses, tentou convencer Caio Aurélio a abdicar do cargo de pretor. Como este não recuava, Públio Nereu comprou a dignidade do adversário com dois milhões de sestércios. No dia seguinte, Públio Nereu convenceu o imperador a retirar de circulação os sestércios. Era um conspirador nato. Ainda não tinha cumprido dezoito anos e já participara em mais de quinze conspirações. Era tão hábil nas suas maquinações que, anos mais tarde e a pedido dos adversários, chegou a participar em conjuras que visavam derrubá-lo do poder e que só não tinham sucesso porque entretanto engendrava outras conjuras que o mantinham no poder. Traições, envenenamentos e decretos: este era o dia-a-dia de Públio Nereu que por vezes nem tinha tempo para almoçar. Teve um grande desgosto quando descobriu que o seu amigo Joaquim Catão se unira a Sidónio Pais e a Sula Marão para conquistar o poder através de um putsch. Quando confrontado com a acusação, Joaquim Catão negou tudo: “O que é um putsch? E juro-te que não conheço nenhum Sidónio Pais nem nenhum Sula Marão.” “São teus cunhados, casados com as tuas irmãs Agripina Florália e Flávia Cornúlia.” “Ah, esses...bem, a ideia foi deles.” Os três conspiradores foram poupados à espada e ao fogo e só não sobreviveram aos leões por manifesto azar. Públio Nereu sabia ser magnânime. Era implacável com os traidores e benevolente com os sediciosos, porque não sabia o significado da palavra. Quando percebeu que eram os tipos que ficavam a cochichar no escuro incitando à revolta mandou decapitá-los. Aos 35 anos, no auge da sua carreira política, Marco Públio Nereu adoptou uma vida frugal. Renunciou a todos os bens materiais, à excepção de 250 barras de ouro que guardou por questões sentimentais (foram o pagamento do seu primeiro suborno). Aos quarenta anos decidiu voltar à ribalta, mas já ninguém o conhecia. Acabou a fazer um número de sapateado em casinos.

2 comentários

Comentar post

Seguir

Contactos

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D